Real Madrid empata em Vigo e diz adeus à LaLiga

Pin
Bale bem tentou dar a vitória ao Real Madrid, mas foi praticamente o único... EFE

Real Madrid empata em Vigo e diz adeus à LaLiga

Numa fase em que o Barcelona não arreda pé da liderança, recuperou Ousmane Dembélé e comprou Philippe Coutinho, os 'merengues' não podiam ter tropeçado. Mas foi o que aconteceu nos Balaídos.

O Real Madrid praticamente garantiu, esta noite, que já não tem qualquer chance de conquistar o título da liga espanhola. Os 'merengues' foram a Vigo, aos Balaídos, empatar com o Celta 2-2, e vêem agora o Barcelona a 16 pontos de distância.

Tendo em conta a forma dos 'blaugrana', o nível que têm apresentado nesta época (em especial na LaLiga), o regresso após lesão de Ousmane Dembélé e a compra de Philippe Coutinho, é (muito) difícil imaginar um cenário em que o Real Madrid termine esta edição do campeonato espanhol à frente dos 'culés'.

Quanto ao jogo, teve um início algo 'morno', ainda que com as duas equipes a mostrarem que queriam claramente vencer. Sorriu primeiro o Celta, com Daniel Wass a adiantar a equipe da casa num gol soberbo, aos 33'. O dinamarquês, isolado por Iago Aspas, fez um chapéu a Keylor Navas.

Mas a resposta não tardou, e chegou em dose dupla. Zidane apostou em Bale desde início, e o galês respondeu com um bis, virando o placar nos Balaídos. O camisa 11 dos 'blancos' aproveitou dois bons passes (primeiro de Kroos, aos 36', e depois de Isco, aos 38') para colocar o Real Madrid na frente por 1-2.

Ao intervalo estavam os madrilenos na frente, e o início do segundo tempo foram os visitantes que entraram ligeiramente melhor. Mas aos poucos a equipe da casa tomou conta das operações e começou a ameaçar seriamente chegar ao empate.

Aspas liderou a revolta rumo ao empate

Com Iago Aspas em grande (como vem sendo hábito nesta temporada), o Celta começou a encontrar cada vez mais caminhos para a baliza de Navas, até que aos 71' o costa-riquenho viu, precisamente, Aspas pela frente, e derrubou-o, fazendo assim pênalti.

Mas na conversão da grande penalidade foi o goleiro a levar a melhor sobre o camisa 10 do Celta, defendendo o seu disparo.

Estava desperdiçada uma grande chance para o Celta chegar ao empate, mas o embalo da equipe galega não desapareceu. A torcida puxava pelo time, e aos 82' o empate chegou mesmo. Wass surge na direita, centra com as medidas certas e no coração da área surgiu Maxi Gómez, sozinho, a desviar para o 2-2.

Zidane tentou reagir e ir em busca da vitória, mas a melhor chance do Real foi desperdiçada por Lucas Vásquez, já perto dos 90'.

Com este empate, os madrilenos chegam aos 32 pontos na tabela, ficam no 4º posto, a 16 do líder Barcelona (como dissemos anteriormente), ainda que com menos um jogo.

João Sampaio

João Sampaio

noticias 4,071 RANK 3
LEITURAS 10M RANK 3
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook