"O que estamos a fazer em campo mostra o grande trabalho de Paulo Fonseca"

João Sampaio por João Sampaio @besoccer_pt - 0 945

Pin
Bernard foi peça importante na campanha 'milionária' do Shakhtar Donetsk. AFP

"O que estamos a fazer em campo mostra o grande trabalho de Paulo Fonseca"

João Sampaio por João Sampaio @besoccer_pt - 0 945

Palavras do internacional 'canarinho' Bernard, que ganhou uma 'nova vida' em Donetsk coma a chegada do treinador português.

O Shakhtar Donetsk surpreendeu a Europa do futebol ao terminar em segundo lugar no seu grupo da Champions League - onde estavam Manchester City, Napoli e Feyenoord -, até porque foi preciso se tornar no primeiro time a derrotar os 'cityzens' nessa temporada para o conseguir.

Sucesso que Bernard, internacional brasileiro que atua já há alguns anos no conjunto ucraniano, atribui ao técnico Paulo Fonseca.

"Depois do sorteio, as pessoas diziam que nem à Liga Europa iriamos. No final fizemos 12 pontos num grupo difícil. Na temporada passada vencemos todas as competições internas. O que estamos a fazer em campo mostra o grande trabalho de Paulo Fonseca", disse Bernard em entrevista ao 'Lance', seguindo depois com os elogios ao treinador português, e criticando o seu antecessor: Mircea Lucescu.

"Nos primeiros três anos não tive muitas oportunidades, também tive alguns problemas com o anterior técnico [Lucescu]. Desde a chegada do Paulo Fonseca que tenho sido titular. A minha primeira época com ele foi muito boa. Esta está a ser ainda melhor e estou a mostrar um pouco do que sou capaz de fazer. A forma de jogar da equipa mudou bastante – Paulo Fonseca deu uma nova identidade à equipa. Os jogadores absorveram bem as ideias dele. Não fui só eu que cresci, mas toda a equipa", afirmou o ex-Atlético Mineiro

"Não consegui crescer nos três anos anteriores. O antigo treinador não tinha uma mente tão aberta e acabei por sair prejudicado. Não são só os jogadores que precisam de tentar evoluir. No futebol não podemos acomodar-nos porque há sempre outro jogador mais motivado que chega e agarra a oportunidade. Os treinadores também são assim. Têm de procurar novos conhecimentos, evoluir e adaptar-se ao futebol moderno. Paulo Fonseca é assim. Deu uma nova cara à equipa e os resultados são prova disso", atirou ainda Bernard.

O ponta de 25 anos é uma das peças base deste Shakhtar, mas termina contrato com o clube em junho de 2018.

João Sampaio

João Sampaio

noticias 4,101 RANK 3
LEITURAS 10M RANK 3
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook